Impostômetro atinge marca de R$ 2,4 trilhões e supera valor total de 2018

Valor foi atingido na madrugada desta quarta-feira (18)

Foto: Reprodução

Impostômetro, da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), chegou nesta quarta-feira (18) à marca R$ 2,4 trilhões de impostos pagos pelos brasileiros em 2019. O valor foi atingido por volta das 3h, e supera o total de tributos pagos em todo o ano passado, que somou R$ 2,3 trilhões até o último dia do ano.

Com isso, o total de impostos pagos este ano já é recorde — o valor do ano passado havia sido o maior já registrado até então. O valor corresponde ao total pago para a União, estados e municípios na forma de impostos, taxas, multas e contribuições. Segundo o economista da ACSP, Marcel Solimeo, o valor arrecadado em impostos, em 2019, pelos brasileiros está dentro das previsões e reflete o índice de inflação. 

Para o economista, com base no atual momento econômico, já era esperado que os brasileiros pagassem mais impostos. De acordo com Solimeo, para mudar esse cenário será necessária mais eficácia no corte dos gastos e na gestão das contas públicas. Ele conta que o Brasil tem uma das cargas tributárias mais altas do mundo.

Impostômetro

O impostômetro foi criado em 2005 e busca estimar o valor total de impostos, taxas, contribuições e multas que a população brasileira paga para a União, os estados e os municípios. O total de impostos pagos pelos brasileiros também pode ser acompanhado pela internet, na página do Impostômetro.