Empresa sueca estuda chances de construir casas habitáveis em Marte

O MDRS (Estação de Pesquisa do Deserto de Marte) se localiza no deserto seco e quente de Utah, nos Estados Unidos

A Estação de Pesquisa que simula vida em Marte, localizada em Utah (foto: reprodução)

Quem já cogitou a possibilidade de morar em Marte? A Ikea, companhia de móveis sueca, foi além da imaginação e desenvolveu uma estação com a finalidade de projetar e simular casas ou como preferem chamar “espaços habitáveis” para o ser humano, localizado no planeta Marte, as informações foram divulgadas pela revista Fast Company.

Seria confortável morar em Marte?

De início, a empresa pensava apenas na construção de imóveis para designers potencializarem suas criações com pequenos apartamentos, porém, o projeto foi se estendendo e decidiriam ir além, investigando como seria a estadia de seres humanos nesse planeta, estudando a possibilidade de viver de maneira confortável em Marte.

O centro de pesquisa funciona desde 2000

O centro de pesquisa MDRS (Estação de Pesquisa do Deserto de Marte) se localiza no deserto seco e quente de Utah, nos Estados Unidos. O espaço possui cerca de oito metros de altura e está em funcionamento desde o início de 2000.

A Ikea optou pela produção de imóveis adaptáveis a qualquer local. Exemplo disso são as mesas e os bancos da cozinha que podem ser usados como espaço de trabalho ou para reuniões de equipe. O objetivo, desde o início, era transformar o lugar em um espaço multiuso.

Métodos de sobrevivência

Para entender melhor esse novo planeta e descobrir maneiras adaptáveis de viver ali, foram criados grupos com seis pesquisadores que se reúnem durante semanas e até meses dentro desses pequenos alojamentos. Esses estudiosos desenvolvem suas próprias estufas para cultivo de alimentos, estudam amostras de solos nos laboratórios criados pelos próprios grupos e aprendem a respirar por meio de tanques de oxigênio.

O propósito da Ikea durante esses últimos anos foi de forte investimento nessas pesquisas para a criação de uma casa que seja habitável e confortável em qualquer ambiente, incluindo outros planetas. Todos os anos são lançados relatórios com resultados e descobertas de projetos, a empresa entrevista centenas de pessoas em todo mundo além de obterem resultados com o centro de pesquisa em Utah.