Maior número de smartphones utilizarão a rede 5G, até 2021

As fabricantes devem vender 450 milhões de unidades de smartphones com a nova tecnologia

A tecnologia 5G promete ser mais rápida do que a 4G, já utilizada nos smartphones (foto: reprodução)

De acordo com a Qualcomm, referência mundial no fornecimento de chips para celulares, as fabricantes devem vender 450 milhões de unidades de smartphones dotados da nova tecnologia, a 5G, de banda larga móvel de quinta geração e outros 750 milhões de aparelhos em 2022.

Crescimento de 125% da rede 5%, até 2021

Para um futuro bem próximo, as empresas creditam total confiança na tecnologia 5G. Estima-se que, até o ano de 2021, haja crescimento de 125% dessa nova tecnologia.

O que seria 5G?

Ainda que prematura, a rede 5G é considerada a quinta geração das redes móveis. Hoje, ainda é mais comum o uso da tecnologia 4G, entretanto, é esperado um salto evolutivo a partir da chegada e, gradativamente, a permanência da rede 5G.

A ideia é que essa tecnologia seja usada a fim de suportar o crescente volume de informações que são trocadas todos os dias por milhares e milhares de pessoas, por intermédio de dispositivos sem fio, em todo o mundo.

Promessa de mais rapidez

A Qualcomm ressalta que a adoção do 5G promete ser mais rápida do que a 4G; isso, graças ao tempo de comercialização da nova tecnologia na China e à disponibilidade de chipsets em diferentes faixas de preços.