Brasil terá centro avançado de inteligência artificial

A Universidade de São Paulo foi escolhida como parceira pela IBM e pela FAPESP para a criação do mais avançado Centro de Pesquisa em Engenharia em Inteligência Artificial do Brasil

A IBM e FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) selecionaram a Universidade de São Paulo (USP) como instituição parceira para a criação do mais avançado Centro de Pesquisa em Engenharia em Inteligência Artificial do Brasil. O objetivo é fomentar avanços científicos significativos sobre o potencial da IA nesses setores.

As pesquisas serão aplicadas a diferentes segmentos do mercado, com destaque para recursos naturais, agronegócio, meio ambiente, finanças e saúde. O novo Centro de IA fará parte do Centro de Inovação InovaUSP, localizado na Cidade Universitária, em São Paulo.

O acordo formal entre USP, IBM e FAPESP será assinado no fim deste ano e as atividades do centro estão previstas para terem início no começo de 2020. Com financiamento de até 10 anos, IBM e FAPESP reservarão, cada uma, até US$ 500 mil anualmente para implementar o programa, que contará com avaliações periódicas das atividades do Centro.

Já a USP investirá até US$ 1 milhão por ano em instalações físicas, laboratórios, professores, técnicos e administradores para gerir o Centro. A parceria entre a empresa de TI e a universidade para a colaboração em Inteligência Artificial (IA) reunirá o conhecimento de cientistas, professores e estudantes, que irão colaborar para a realização de pesquisas e projetos conjuntos.

O Centro de IA também será o primeiro da América Latina a fazer parte do IBM IA Horizons Network (IAHN), criado em 2016 para promover a integração e a colaboração entre as principais universidades do mundo, estudantes e pesquisadores da IBM.

O comprometimento consiste em acelerar a aplicação de IA a alguns dos maiores desafios globais, como assistência médica, processamento e reconhecimento de imagem, aprendizado de máquina, processamento de linguagem natural e tecnologias relacionadas.