Porto do Itaqui no podium da gestão ambiental

O porto público do Maranhão está entre os três melhores do país no Índice de Desempenho Ambiental Portuário da ANTAQ

O Porto do Itaqui está de volta ao top 3 em gestão ambiental entre os portos públicos do Brasil. A Agência Nacional de Transportes Aquaviários – ANTAQ divulgou os resultados do IDA (Índice de Desempenho Ambiental Portuário) referentes a 2018. Com 95,48 pontos, o Porto do Itaqui está à frente de Pecém (90,80) e Santos (83,32).

Lideram o ranking os portos de Itajaí (SC) e Paranaguá (PR). No Complexo Portuário do Maranhão o Itaqui fica na liderança, com pontuação superior aos terminais privados de Ponta da Madeira, da Vale (91,79) e o da Alumar (76,55). Referência no setor portuário, o IDA é composto por 38 indicadores relacionados a conformidades legais vigentes no país e boas práticas em gestão ambiental, saúde e segurança de operações.

Ted Lago, presidente do Itaqui, afirmou que esse resultado demonstra a relevância que o Porto do Itaqui dá à gestão ambiental, colocando-a no centro de seu modelo de negócio. Segundo ele, o Itaqui em 2018 foi um dos poucos portos públicos do Brasil a receber a certificação ISO 14001:2015, o que aumentou ainda mais a responsabilidade socioambiental.

O IDA avalia, entre outros indicadores, a situação da licença ambiental e a existência de licença de operação, quantidade e qualidade de técnicos no núcleo ambiental, prevenção de riscos, auditoria ambiental, ação de retirada de resíduos de navios, consumo e eficiência no uso de energia, monitoramento da fauna e da flora e planos de contingência de saúde.

Entre os terminais privados, os melhores resultados foram obtidos pelos TUPs de Ponta da Madeira, que alcançou o índice de 91,79 pontos, seguido de Navegantes (87,84 pontos) e Ilha Guaíba – TIG, que registrou 87,34 pontos. 

Esta é a 11ª avaliação que a Agência realiza sobre o desempenho ambiental dos portos públicos e a segunda envolvendo os terminais de uso privado. Nesta edição, foram avaliados 31 portos públicos e 98 terminais de uso privado.