Do prejuízo ao sucesso financeiro: Empreendedora dá dicas de como cuidar do seu dinheiro

Por meio do projeto EconoMirna, a empreendedora ensina maneiras de administrar o dinheiro próprio

Mirna Borges é responsável pela EconoMirna (foto: reprodução)

Saber como retornar à base e se reinventar após uma crise é um fator desencadeante para os profissionais de todas as áreas. Algumas crises chegam para que o profissional desenvolva e abuse dos planos b, c, d e afins.

Influenciadores de finanças

A vida imita a arte, ou quem sabe, a vida imita os problemas enfrentados pelos empreendedores, caso vivido por Mirna Borges, uma das principais ” influenciadoras das finanças” no país. Mirna, que ajuda em torno de 1 milhão de seguidores a investir seu dinheiro por meio do seu projeto pessoal EconoMirna, se reergueu após perder todo seu dinheiro no mercado financeiro.

A capixaba, que é graduada em engenharia de petróleo e atuou em uma grande empresa do setor de sua formação fora do país, é mais um exemplo de pessoas que passaram por uma crise e conseguiram se reestabelecer, entretanto, ao retornar ao Brasil, investiu suas todas as suas economias para o real, obtendo grande montante no banco. Mirna declarou que após ser orientada por sua gerente a investir em previdência privada, seguro de vida, consórcios e fundos milionários, acreditou ter assinado o seu passaporte para a riqueza.

Falta de conhecimento resulta em prejuízo

A falta de conhecimento no quesito fundos de investimentos é um grande vilão e inimigo de empreendedores, Mirna, por exemplo, logo percebeu que em vez de ganhar com seus investimentos, acabou perdendo tudo. O ocorrido a impulsionou a aprender tudo que precisava sobre o assunto. Afinal, ninguém melhor que ela mesma para cuidar do seu próprio dinheiro, ressalta.

Ao adentrar a este novo campo de estudos, ela percebeu que nada seria fácil para obter conhecimento necessário, após bastante esforço e dedicação em aprender, o próximo passo seria: ensinar. Nasceu, a partir daí, o EconoMirna. Mirna tornou-se influenciadora e ensina como lidar com dinheiro e fundos de investimentos da melhor forma. Seu canal no Youtube tem, atualmente, 840 mil inscritos e 185 mil seguidores no Instagram.

Erros cometidos por empreendedores

A empreendedora dá diversas dicas para aqueles que desejam cuidar do seu dinheiro, a primeira delas é não misturar as contas de pessoa pessoais com os gastos da empresa. Segundo ela, este é o primeiro erro que os empreendedores cometem. Ela ainda acresce que mesmo quem é microempreendedor individual precisa saber de onde vem e para onde vai o dinheiro do negócio.

A segunda dica dada pela empreendedora é preferir usar bancos digitais que tenham taxas zeros, isso já faz parte do saber administrar o dinheiro. Contas jurídicas, que são bastante usadas, murcham o bolso de MEIs e pequenas empresas. É importante que o empreendedor tenha duas contas, separando cada uma para determinado valor. Segundo Mirna, é importante fazer cortes sempre com equilíbrio e sem afetar seu estilo de vida.

Estabeleça um pró-labore, está é a terceira dica sugerida por Mirna. O empreendedor pode tirar deste recurso valores que vá usar em despesas pessoais. A última dica é dar sempre o primeiro passo. Comece com o que você pode e da maneira que é possível para cada um. Naturalmente surgirá um investidor no lugar de um poupador, finaliza.