Conheça as tecnologias atreladas à indústria 4.0 aliadas do empreendedor

Robôs autônomos, internet das coisas e realidade aumentada integram o grupo de tecnologias da indústria 4.0

Realidade aumentada é uma das grandes apostas atreladas à indústria 4.0 (foto: reprodução)

Transformações digitais, entrada da tecnologia, aumento de processos de manufaturas, substituição de processos manuais por uso de máquinas, há alguns séculos atrás, mais precisamente no século 18 ocorreu a revolução industrial, que aconteceu na Europa, período em que a tecnologia passou a entrar pouco a pouco no cotidiano, no mercado e no funcionamento de cadeias produtivas.

Hoje, é bem comum se ouvir falar da indústria 4.0, chamada de quarta revolução industrial, um conjunto de inovações que mudará muitas vidas. Uma das novidades que acompanha a quarta revolução é a automação de processos em uma empresa. Segundo o consultor do Sebrae-SP, Marcelo Sarro, essas tecnologias trazem economia e aumentam a produtividade do negócio.

Sarro diz que um dos exemplos trazidos pela indústria 4.0 é a forma com que grandes empresas estão usando a inteligência artificial para automatizar processos burocráticos dentro da organização. No entanto, pequenos negócios também podem aproveitar a indústria 4.0 para faturar.

Entre os dias 5 e 8 de outubro acontecerá a Feira do Empreendedor 2019 Sebrae-SP, em São Paulo. Ali, haverá demonstrações desses modelos de tecnologias que acompanham a indústria 4.0.

O Senai-SP será parceiro da Feira junto ao Sebrae-SP, aos participantes e empreendedores que estiverem presentes, poderão ter acesso às novidades com uso de máquinas, robôs e impressoras 3D. Segundo Sarro, eles irão mostrar como usar a inovação para otimizar os negócios, sempre frisando a necessidade de capacitação para se adequar a esses novos mercados

Robôs autônomos

Economicamente falando, estes modelos de robôs facilitam serviços que requerem força, resultando em maior eficiência. Com essa tecnologia, grandes empresas conseguirão automatizar diversas atividades. O grande diferencial nessa novidade é a não necessidade de intervenção humana, pois, são máquinas programadas para realizarem todo o trabalho sozinhas.

Internet das coisas

Também anula a necessidade de participação humana. É uma tecnologia prática e ágil, com a capacidade de enviar comandos de coordenação para outras tecnologias acelerando o retorno e resultado esperado. Com ela, espera-se que os processos industriais sejam beneficiados através de empresas especializadas.

Integração de sistemas

Com esta integração, aqueles empreendedores que entendem de tecnologia podem otimizar processos administrativos, integrando plataformas que antes precisavam ser coordenadas por departamentos distintos, o que requer mais gasto e mais tempo dos funcionários.

Simulação

Com esta tecnologia é possível antecipar o resultado e aproveitamento de determinada peça ou plano de negócio. Com a simulação, se pode testar a qualidade do produto antes mesmo de produzi-lo. Sarro ressalta que operar esse tipo de tecnologia para corporações pode ser uma boa oportunidade de negócio.

Realidade aumentada

O usuário pode imergir ao ambiente virtual. Simuladores de autoescolas são exemplos de realidade aumentada, possibilitando ao aluno interagir com o virtual por meio de um software. Esse tipo de equipamento não é barato, mas o empreendedor que conseguir comprá-lo pode faturar com seu aluguel, sugere o consultor do Sebrae-SP.


Anúncio: 407 anos São Luís