Modelos do iPhone 11 são lançados em mercado com vendas em queda

Os telefones têm um novo processador A13 Bionic e mais câmeras traseiras

Na semana passada, em um evento de imprensa na Califórnia, a Apple lançou seu trio de novos Iphones: o iPhone 11, iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max. Com um novo processador chamado A13 Bionic, os aparelhos têm várias câmeras traseiras que prometem aumentar a qualidade das fotos e também novas ferramentas como, por exemplo, o Modo Noturno. 

O iPhone 11, iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max começam a ser vendidos respectivamente por  US$ 699, US$ 999 e US$ 1.099. As encomendas já começaram na sexta-feira, e os modelos ficarão disponíveis nas lojas a partir do dia 20 de setembro.

Os novos iPhones, porém, enfrentam um mercado desafiador. As vendas do aparelho caíram 12% no terceiro trimestre fiscal e os lucros deverão cair para US$ 9,6 bilhões, com cada vez mais pessoas mudando para os Androids. Os modelos mais atuais da Apple precisam ser atraentes o suficiente para alcançar novos clientes ou ao menos, manter os atuais interessados. 

Apesar de a principal inovação ter sido nas câmeras, a Apple pode ter escondido uma informação: a possibilidade da nova linha servir como um carregador sem fio para outros aparelhos, usando a bateria dos próprios smartphones para energizá-los.


Anúncio: 407 anos São Luís