Lojas Walmart são substituídas pelo grupo Sam’s Club

Em 2019, foram investidos R$ 110 milhões em reformas nas quatro unidades do clube

Sam's Club substitui Walmart no Brasil (foto: reprodução)

Não cogitada como grande concorrente entre empresas brasileiras, o Grupo Big inicia o processo de transformação das lojas da marca Walmart em Sam’s Club. O grupo que controla o fundo de investimento da empresa, o Advent, viu na falta de concorrência, uma chance de crescer no mercado e protagonizar o cenário de “atacado goumert“, que é o modelo de funcionamento seguido pelo clube.

Ontem, na quinta-feira (12), em Brasília, foi inaugurada uma das franquias Sam’s Club. Em novembro, São Paulo ganhará duas filiais. A filial de Aracaju (SE) tem inauguração prevista para dezembro. O valor investido em reformas durante este ano nas quatro unidades chegou ao total de R$ 110 milhões.

Com 27 lojas no Brasil, atualmente, a pretensão é que se construam novas lojas, para isso, a equipe responsável pelo clube planeja alcançar 39 Sam’s Club até 2022. De acordo com o diretor do Grupo Big, Fernando Lunardini, afirmou que há hipermercados que não se encaixam tão bem dentro do contexto que o formato precisa, principalmente de público.

Os produtos exclusivos do Sam’s Club serão são as novas apostas para atrair clientes, ponto crucial que diferencia o grupo de outros atacarejos tradicionais como: Assaí e Atacadão, que atribuem aos itens básicos um menor valor.