Príncipe Harry lança uma plataforma de turismo sustentável

A Travalyst oferece opções de viagem de baixa emissão de carbono e amigáveis às comunidades locais

príncipe Harry quer que os turistas sejam mais conscientes na hora de planejar sua próxima viagem. Em parceria com o Booking.com, Ctrip, Skyscanner, TripAdvisor e Visa, o membro da realeza britânica lançou Travalyst, uma iniciativa para apresentar opções de viagem que protejam o meio ambiente e a comunidade local, além de diminuir os impactos do aquecimento global.

O Duque de Sussex não deu detalhes sobre o projeto, mas o Travalyst também quer ser uma plataforma que incentive os turistas a adotarem práticas mais sustentáveis de consumo durante suas viagens, por meio de parcerias com empreendedores e comunidades locais.

O turismo sustentável tem se tornado uma prática comum. No último ano, por exemplo, mais de 10 milhões de usuários da plataforma de pesquisa de voos Skyscanner escolheram a opção de viagem com menor emissão de carbono.

De acordo com a pesquisa da TechNavio, a expectativa é que o mercado de viagens eco-friendly cresça 10% nos próximos quatro anos e alcance o valor de US$ 340 bilhões. No entanto, o valor ainda é uma fatia pequena dos US$ 8,8 trilhões do mercado global de turismo.

Segundo Harry, é importante acelerar a adoção de práticas sustentáveis em todo o mundo e equilibrar o crescimento do turismo com as necessidades do meio ambiente e da população local. Para ele, reunir empresas, consumidores e comunidades é a melhor chance de proteger destinos e ecossistemas para as gerações futuras.

Essa não é a primeira vez que o príncipe britânico se aventura no mundo turismo. Harry é o presidente dos Parques Africanos, uma organização de conservação sem fins lucrativos que administra, em parceria com governos e comunidades locais, uma dúzia de parques nacionais no continente africano.