Dólar chega perto de R$ 4,20 e força intervenção

Banco Central mostrou um pouco da munição que carrega para momentos de crise

Background with money american hundred dollar bills.

Nesta semana, o dólar caminhou para superar a marca de R$ 4,19. Em virtude disso, o Banco Centro teve que tomar providências. De acordo com o Valor Econômico, pela primeira vez em dez anos, desde fevereiro de 2009, a autoridade monetária injetou dólares no mercado à vista, numa operação feita sem aviso prévio e nem retirada de contratos de swap cambial. Ou seja, o Banco mexeu nas reservas internacionais para intervir. 

Foi no horário do almoço que o tamanho da surpresa ficou evidente. O dólar despencou e saiu de mais de R$ 4,19 para R$ 4,12. Isso evitou que a moeda rompesse a máxima história de fechamento, registrada em 19 de setembro do ano passado. 

A queda foi se revertendo ao longo do dia e a cotação encerrou em alta de 0,50%, aos R$ 4,1575. Apesar da intervenção, o fechamento em alta do dólar indica que o câmbio deve se manter sob pressão nos próximos dias.