Dispositivo desenvolvido por americano alivia dores

O Theragun é um equipamento de massagem que auxilia no alívio das dores musculares.

Jason Wersland, inventor do massageador (foto: reprodução)

Existem determinados tipos de situações e problemas que barram as pessoas, mas este não foi o caso do médico Jason Wersland. Em 2008, Jason sofreu um acidente de moto que lhe trouxe graves problemas e sérios danos em seu braço e ombro. Ao perceber que poderia “arrumar” uma solução para aliviar as dores sentidas após o ocorrido, ele resolveu criar o Theragun, um equipamento de massagem que auxilia no alívio das dores musculares.

Dispositivo terapêutico

Este dispositivo foi desenvolvido com objetivo de reduzir dor e ajudar na locomoção já que é terapêutico. Ele consegue trabalhar em cima do aumento de fluxo sanguíneo e estimula a remodelação do tecido.

Jason explica que a dor foi um grande motivador e a necessidade acaba contribuindo para pensar em negócios que impactam as pessoas. Logo após iniciar os testes com pessoas que enfrentavam a mesma situação do médico, eles perceberam que o dispositivo também ajudava a aumentar a capacidade muscular.

Descrição dos modelos

O massageador possui três modelos: O primeiro custa em média US$ 249 (R$ 1mil), que é o mais simples; o segundo tem o valor de US$ 399 (R$ 1,6 mil), que é o Premium, e o último equivale a US$ 599 (R$ 2,4 mil), o G3Pro, usado por atletas e profissionais.

Amantes do dispositivo

A tecnologia é mais usada no meio dos esportes, muitos atletas usam suas funções para aliviar dores causadas por contusões ou até mesmo desgaste. Kyrie Irving, estrela do basquete americano, já usou o massageador em uma final da NBA. Wersland disse que quando o atleta usou o equipamento, foi uma imensa loucura, literalmente um sonho.

Céticos do massageador

Ao contrário de Kyrie, o médico criador da tecnologia nem sempre foi bem aceito, o astro do Manchester United, Romelu Lukaku foi um dos céticos que não confiava tanto. Jason afirmou ter cuidado do Lukaku porque ele teve uma lesão. Mas, o jogador ficou um pouco reticente, tanto que não contou a ninguém. O médico acabou realizando o tratamento e no final o jogador estava pulando por aí.