Rede de varejo Le Biscuit estreia no comércio online

A entrada da empresa no mundo online ocorrerá em etapas e segue uma tendência mundial

Com 124 lojas espalhadas em 14 Estados brasileiros, a rede de varejo Le Biscuit, controlada pela gestora Vinci Partners, estreia em setembro no comércio eletrônico. Primeiro será inaugurado um espaço para listas de casamento, depois vendas com retirada em loja e, por fim, entrega direto na casa do consumidor.

Esse processo começa no mês que vem e deve ser ampliado em 2020. Nos últimos anos, o principal objetivo da Le Biscuit foi ampliar os horizontes e fincar sua bandeira no Brasil inteiro. O pequeno armarinho de 100 metros quadrados (m²), fundado em 1968, em Feira de Santana (BA), cresceu, virou âncora de shopping center e deve terminar o ano com faturamento de R$ 1,2 bilhão. Em 2018, foram R$ 900 milhões.

A rede vende todo tipo de produto: papelaria, artigos para festa, itens de higiene, beleza e moda, cama, mesa e banho, eletrodomésticos e alimentos, entre outros. Hoje, embora a principal meta seja a transformação digital, a expansão das lojas físicas vai continuar forte. Até o fim do ano, a rede deve inaugurar mais 21 lojas, totalizando 145 unidades no Brasil.

David Lee, presidente da rede, afirma que a empresa tem uma série de projetos em andamento, mas neste momento as atenções estão voltadas para a estreia no mercado online. Segundo ele, foram dez meses de desenvolvimento do site, com a inserção de 7 mil produtos com fotos e descrição. Lee afirma que, no espaço dedicado à lista de casamento, o plano é criar um marketplace, plataforma que abriga ofertas de terceiros, para conseguir oferecer produtos fora do portfólio da Le Biscuit.


Anúncio: 407 anos São Luís