Amazon se torna a marca mais valiosa do mundo

Com valor de US$ 315 bilhões, gigante do comércio online supera Google e Apple e assume pela primeira vez o topo do ranking das 100 marcas mundiais mais valiosas

A empresa americana Amazon superou as grandes concorrentes Google e Apple e se tornou a marca mais valiosa do mundo. A gigante do comércio online viu seu valor de mercado quintuplicar nos últimos cinco anos. Em relação ao ano passado, seu valor cresceu 52% em 2019, chegando a 315 bilhões de dólares.

O dado consta no ranking BrandZ das 100 marcas mais valiosas do mundo, realizado anualmente pela empresa de publicidade WPP e pela firma de pesquisa de marketing Kantar. Com os novos números, a Amazon pulou do terceiro para o primeiro lugar neste ano, superando as gigantes de tecnologia Google, que caiu para a terceira posição, e Apple, que aparece em segundo.

Nos últimos anos a Amazon vem expandindo seus negócios para setores como tecnologia doméstica, produções de filmes e computação em nuvem, o que ampliou sua atuação em diferentes mercados.

“As aquisições inteligentes da Amazon, que levaram a novas correntes de rendimentos, o fornecimento de excelentes serviços ao consumidor e sua habilidade de se manter à frente da concorrência ao oferecer um ecossistema diverso de produtos e serviços permitiram que a Amazon acelerasse o crescimento de seu valor de marca”, disse a Kantar em comunicado.

A Kantar avalia que a empresa americana demonstra “poucos sinais” de uma possível desaceleração em seu crescimento. O estudo BrandZ avalia dados financeiros e realiza uma extensa pesquisa junto aos consumidores para chegar às suas conclusões.

O top 10 das empresas mais valiosas foi novamente dominado pelas tecnológicas americanas, como a Apple (309.5 bilhões de dólares), Google (309.5 bilhões) e Microsoft (251 bilhões) – esta em quarto lugar no ranking. A quinta posição ficou com a empresa de cartões de crédito Visa (178 bilhões), seguida do Facebook (159 bilhões).

Pela primeira vez, a empresa Alibaba, versão chinesa da Amazon, superou a tecnológica Tencent como a marca mais valiosa da China – no ranking global, elas aparecem em sétimo e oitavo lugar, respectivamente. Na nona posição veio o McDonald’s (130,3 bilhões), seguido da empresa de telefonia AT&T.