Com a formação das turmas prevista para 2019, a Singularity University, sediada em uma base de pesquisa da Nasa, no Vale do Silício, chega ao Brasil depois de um ano de negociações com a HSM, empresa que promove cursos e eventos para empreendedores.

A universidade tem como foco capacitar, através da tecnologia, os estudantes e organizações de modo a resolver os maiores problemas globais. O campus será inaugurado no primeiro semestre de 2020 e vai oferecer cursos de especialização – como, por exemplo, o Executive Program, que tem a maior demanda na Califórnia – e projetos de estratégia e inovação dentro das empresas.

Parcerias 

Esta é a sétima parceria da instituição ao redor do mundo e a primeira na América Latina. A SingularityU Brazil também vai se juntar a governos locais, instituições educacionais e outros líderes para abordar os desafios em educação, segurança pública e infraestrutura.

Além disso, visando acelerar o ritmo da inovação no Brasil, pretende sediar startups e laboratórios e ter a presença de grandes empresas, escolas de programação, design thinking e mindfulness.

Em breve, a universidade pretende abrir um processo seletivo para professores. A SU tem como pré-requisito profissionais com experiência em inteligência artificial, robótica, biologia digital, medicina, neurociência, impressão 3D, nanotecnologia, computação, realidade virtual e blockchain. Os 15 selecionados serão treinados, capacitados e certificados pela sede dos Estados Unidos.