Patinetes elétricos: BMW entra no mundo da micromobilidade

Com preço equivalente a R$ 3,6 mil, modelo chega à velocidade máxima de 20 km/h e sua autonomia é de 12 quilômetros

Foto: Divulgação

BMW revelou na Alemanha o patinete elétrico E-Scooter que chega ao mercado no mês de setembro. O modelo terá preço de 799 euros, valor equivalente a R$ 3,6 mil, e ainda não há previsão de chegada ao Brasil. De acordo com a montadora, o modelo tem autonomia de 12 quilômetros com apenas uma carga.

O E-Scooter vem equipado com um motor de 150 Watts e uma bateria de lítio que pode ser recarregada em duas horas. O modelo é dobrável e tem nove quilos. A velocidade máxima é de 20 km/h. Ainda que não seja o mais rápido da categoria, o scooter alemão vem com dois sistemas de frenagens independentes, e luzes dianteiras e traseiras.

O E-Scooter foi desenvolvido em parceria com a Micro, empresa especializada em veículos de mobilidade. Além do E-Scooter, a montadora alemã também possui o patinete X2City, que é um modelo mais top de linha. Além do modelo elétrico, a BMW revelou que terá um patinete sem motor e também versões de patinete para crianças.

Enquanto no Brasil a maioria das cidades ainda não têm regras específicas para o uso do patinete elétrico, o governo alemão definiu as regras para o uso dos patinetes, que devem entrar em vigor nos próximos meses. Eles estão proibidos de rodar nas calçadas, mas foram liberados para ciclovias e ruas. Os usuários devem ter idade mínima de 14 anos e rodar a velocidade máxima de 20 km/h.