Uber anuncia serviço de bordo em parceria com o posto Ipiranga

Novidade é resultado de parceria entre Uber, a startup Cargo e a rede de postos de combustível Ipiranga

Foto: Divulgação

Para a Uber, um incentivo a mais para que os passageiros escolham seu aplicativo de transporte. Para os passageiros, uma comodidade ao se locomoverem para a escola ou para o trabalho. E, para os motoristas do Uber, a chance de ganhar até US$ 300 por mês apenas com a venda de pequenos lanches dentro do carro.

É assim que a Cargo, uma startup de comércio in-car apresentou a sua parceria com o Uber e a rede de conveniência am/pm no Brasil, dos postos Ipiranga, lançada oficialmente nesta semana. Segundo Pedro Neves, General Manager da Cargo para o Brasil, um dos benefícios do acordo é proporcionar uma renda extra para os motoristas, que ficam com 25% de tudo que for comercializado dentro do carro, sem gastar nada com isso.

Ainda segundo ele, nos Estados Unidos, onde o sistema funciona há quase um ano, é comum os motoristas ganharem cerca de US$ 100 ao mês com a venda dos lanches. Para o motorista, há ainda a chance de melhorar sua avaliação junto aos usuários – e, assim, atender mais passageiros. O executivo explicou que nos Estados Unidos são comuns as promoções com amostras grátis de produtos nos carros equipados com Cargo.

Foi em julho de 2018 que a Uber e a Cargo acertaram suas primeiras colaborações, em São Francisco eLos Angeles. Depois, o serviço iria para mais 11 cidades, atingindo mais de 20 mil motoristas – que, segundo a empresa, conquistaram US$ 7 milhões de receita extra.

A startup americana Cargo já recebeu, até o momento, US$ 30 milhões em aportes. O dinheiro deve ser utilizado para a expansão global – o Brasil foi o primeiro destino internacional da parceria. A América Latina deve vir na sequência.

Como funciona

Os motoristas parceiros do Uber podem se credenciar para utilizar a Cargo em drivecargo.com.br. Depois, precisam ir até a loja am/pm indicada para retirar sua Cargo Box, que será acoplada ao console central, ou sua Cooler Bag. O credenciamento do motorista é gratuito.

Os pedidos são feitos pelo celular: o passageiro escaneia um QR code na Cargo Box ou no display do encosto de cabeça, seleciona os itens desejados e escolhem entre os meios de pagamento disponíveis. Até agora, 1.000 motoristas já aderiram à novidade, segundo Pedro Neves.