Grupo de comerciários recorre aos vereadores para discutirem queda no setor comercial

Lojistas reuniram-se para apontar os impactos causados após a revitalização do Complexo Deodoro

Comerciários reivindicam solução e rapidez nas obras realizadas na Praça Deodoro (Foto: reprodução)

Nesta última segunda-feira (13), a Câmara Municipal recebeu um grupo de lojistas para uma reunião com os vereadores, o objetivo desse encontro foi debater e tentar chegar a uma solução sobre a circulação de transportes públicos na Praça Deodoro, foi falado a respeito dos impactos que vem sofrendo o setor comercial e discutiram a consequências após a reforma pela qual vem passando a praça e suas adjacências.

A circulação de ônibus na Praça Deodoro tornou-se um problema não apenas aqueles que precisam ir às compras, mas, também tem sido um grande empecilho para os lojistas, a rota que os veículos tomam, acaba influenciando no trajeto que as pessoas usam para caminhar em direção à Rua Grande e redondezas, locais que são mais frequentados pelos compradores.

Reforma que foi iniciada dia 18 de dezembro do ano passado, ainda causa bastante transtorno e, atualmente, tem saído dos “eixos” para aqueles que tem sua renda tirada diretamente desse trabalho. Ainda que reconheçam que a revitalização é de extrema necessidade e importância, a circulação dos ônibus impactaram direto no resultado financial, deixando os membros do comércio bastante insatisfeitos.

O vereador Osmar Filho, presidente da Câmara, deixou o local (Câmera) à disposição para discutirem os problemas de forma mais acentuada. O presidente informou que faria contato com o secretário de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, para que juntos, abordassem o assunto e entrassem em consenso para melhor solução, deixando a situação dos comerciários mais tranquila até a conclusão da revitalização.