Celular Pixel, lançado pelo Google, será vendido por menos de U$ 500 nos EUA

Imergindo no mercado financeiro de aparelhos telefônicos, a empresa atribuiu ao Pixel metade do valor de um smartphone mais reconhecido

O Pixel 3a será oferecido em países como Índia e Tailândia (Foto: reprodução)

O Google não é reconhecido como uma empresa que lança smartaparelphone tecnológicos, no entanto, nesta terça-feira (7), anunciou o lançamento do Pixel 3a, de sua própria criação, com valores oscilando entre US$ 399 a US$ 479.

Esses valores em reais ficam entre R$1.500 e R$1.900. O Pixel não é o primeiro aparelho telefônico criado pela empresa, mas é a primeira vez que o Google lança um smartphone no mercado com preço que cabe no bolso do consumidor.

Suas principais características são: câmera de qualidade, tela OLED e versões atualizadas de softwares da empresa, como, por exemplo: o Google Assistente Maps com realidade aumentada, o Pixel também conta com o chip Titan M, responsável pela proteção de dados e informações restritas, e, para aquele consumidor que acha cansativo e irritante carregar o celular de 2 em 2 horas, o Google dá aquela ajudinha, o aparelho possui bateria que pode durar até 30 horas, facilitando a vida de quem precisa usar smartphone em tempo integral.

Equiparando a outros modelos considerados melhores e mais caros, o processador usado no Pixel é um Qualcomm Snapdragon 670, o que acaba o tornando inferior diante de alguns rivais, enquanto um outro smart não sofreria tanto impacto ao cair na água, em contrapartida o Pixel não apresenta toda essa resistência.

De acordo com Mario Queiroz, diretor global de Pixel no Google, a equipe está bastante feliz com o resultado do Pixel, mas sabe que o mercado premium desacelerou, para lançar um hardware. Nesse caso, ele precisa ter ter certeza de que terão a capacidade de oferecer toda a cadeia, como o suporte pós-venda.

Queiroz se referiu ao Brasil como um mercado importante, onde a empresa lançou outros aparelhos, como o Chromecast, que transforma televisores normais em smarts.