Futuro tecnológico do Maranhão é debatido em Meetup promovido pelo Grupo JP

O evento aconteceu nesta quinta-feira,no auditório do Casarão Tech Renato Archer que foi lotado por estudantes, professores e empresários

A manhã da última quinta-feira (28) foi um dia de muito aprendizado, troca de contatos e apresentação de cases de sucesso para as dezenas de pessoas que compareceram ao CasarãoTech Renato Archer.

A data é um marco histórico de um nova mentalidade, destacada pelo palestrante Rodrigo Marques, pela qual se pode transformar os problemas em oportunidades. Dessa forma, é possível fazer de São Luís uma capital com qualidade de vida e bem-estar para seus moradores, independente de suas classes sociais.

O Meetup São luís do futuro começou sua programação com um delicioso café da manhã oferecido pelo Grupo Mateus. Em seguida com o auditório do Casarão Tech Renato Archer lotado por estudantes, professores e empresários, a primeira edição do evento, que tem a produção do Grupo JP. Nesta primeira edição, o tema foi debate sobre o futuro tecnológico do Maranhão.

 

Gratuidade

Os participantes parabenizaram a iniciativa, destacaram a importância do evento para a cidade maranhense, além da acessibilidade, garantida por meio da inscrição gratuita a todos os participantes.

Para a aluna do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão. (IFMA), Julya Melo, 16 anos, o evento possibilitou o networking com profissionais da área. “O Meetup significou uma coisa muito importante em minha vida, abriu várias portas e udo que eu já tinha aprendido na matéria de empreendedorismo com a professora Ivanilde e juntamente com o que eu aprendi no evento, eu posso dizer que me tornaram uma pessoa muito mais motivada para colocar um projeto que eu já tinha para funcionar”.

O estudante Gustavo Freitas, que pretende seguir a carreira de astronauta, disse que o evento foi importante para lhe mostrar as oportunidades que tem em São luís. Igor Morais, 16 anos, aluno do IFMA de Manutenção de Maquinas Industriais, se considera um visionário: “Achou os temas abordados de grande interesse e que me fizeram querer adquirir cada vez mais conhecimento”.

Palestras

Previsto na programação, o secretário de Estado Ciência, Tecnologia e inovação, Davi Telles não pôde comparecer ao evento, pois foi convocado para participar da audiência conjunta das comissões de Ciência e Tecnologia e de Relações Exteriores do Senado com o ministro da Ciência e Tecnologia Marcos Pontes,para esclarecer questões sobre o acordo de Salvaguardas Tecnológicas (AST), para uso comercial do Centro de Lançamento de Alcântara.

Telless driblou a distância e aproveitou as vantagens da tecnologia, para participar do meetup e palestrou direto de Brasília por videoconferência. Durante o meetup, o secretário destacou a aplicação da tecnologia nos negócios das empresas maranhenses e também o projeto “Inova Maranhão” e os três pilares que o alicerçam (infraestrutura, fomento financeiro e aceleração efetiva), buscando apoiar a disseminação e a troca de experiência para incentivar a inovação, a educação e a competitividade da economia maranhense.

Rodrigo Marques, presidente do grupo educacional Wyden e investidor em diversas startups, respondeu perguntas dos estudantes sobre como empreender no moderno ambiente de negócios do Maranhão e Rômulo Martins, COO da Niduu e especialista em gamificação, deu uma aula sobre o jeito certo de começar uma startup e afirmou a importância de” testar, pesquisar e analisar cenários antes de criar um aplicativo”.

Também fizeram parte do evento, Lourival Bogéea, presidente do grupo JP, que contou de forma emocionante, como nasceu o Jornal Pequeno, um dos jornais mais antigos da capital maranhense e Tagil Oliveira Ramos, consultor de Data-Driven Marketing e coordenador de marketing digital do Grupo JP, demonstrou um modelo prático de transformar a capital maranhense em uma Cidade inteligente Social, por meio do conceito de Smart Blocks (Quarteirões Inteligentes).

A palestra de Rômulo Martins foi uma verdadeira aula de como montar um startup de sucesso partindo do zero. O COO da Niduu, que oferece uma solução gameficada para o ensino corporativo, deu dicas para evitar as ideias que não leva a lugar nenhum e destacou a implementação e o aprendizado com os próprios erros.

Concurso

Durante o Meetup, foi lançado o concurso A MAIS CRIATIVA IMAGEM FUTURISTA DE SÃO LUÍS, coordenado pelo publicitário e fotógrafo Jamerson Belfort. A participação é aberta a qualquer pessoa residente na capital do Maranhão. Será possível participar com foto, montagem, imagem estática, maquete, vídeo. gif animada, animação, jogo ou aplicativo. O envio deve ser feito em arquivo digital. Será feita uma exposição com os melhores trabalhos.

Para receber mais informações, preencher informações no link
http://bit.ly/PARTICIPE2019

Próximos eventos

O próximo Meetup São Luís do Futuro vai acontecer na segunda quinzena de abril e já está com inscrições abertas no link https://bit.ly/meetupABRIL