Startup de NY lança cartão que dá cashback em ações como Amazon e Netflix

A Stash planeja anunciar uma nova rodada de financiamento de US$ 65 milhões - e boa parte será destinada a produtos como o cashback

Com o mercado das financeiras de crédito acirrado, bancos e empresas do ramos buscam cada vez mais inovar e oferecer benéficos aos seus clientes.

Esta semana a startup Stash Financial, empresa de investimentos e finanças pessoais com sede em Nova York, divulgou que planeja anunciar na próxima terça-feira (19) um novo recurso de “fundo de ações” nos cartões de débito da Stash.

A proposta: na próxima vez que você comprar na Amazon, pagar a conta da Netflix ou fizer mercado na Kroger, em vez de receber dinheiro de volta, você ganhará frações de ações da empresa.

As recompensas começam com 0,125 por cento dos gastos, menos do que alguns outros cartões de crédito que devolvem dinheiro, embora a companhia tenha afirmado que essa taxa pode chegar a até 5 por cento, dependendo de ofertas e promoções. Para compras em, digamos, um restaurante local que não é negociado na bolsa, os clientes ganharão ações em um fundo negociado em bolsa relacionado.

A Stash também planeja anunciar no dia 19, que fechou uma nova rodada de financiamento de US$ 65 milhões, e boa parte dela será destinada a produtos adicionais como este cartão.

A startup entra assim em um grupo crescente de empresas de tecnologia financeira que estão se envolvendo em serviços mais parecidos com o de bancos. A Stash fará uma parceria com o banco Green Dot. A companhia espera gerar lucro com as taxas de transação e direcionar as pessoas para seus outros produtos de investimento.