Empresário Maranhense apresenta o canudo de bambu

A Canureco se tornou a pioneira na produção de canudos ecológicos em São Luís após iniciar suas atividades em novembro de 2018

Sustentabilidade tem sido o pilar da nova economia mundial. Os maranhenses estão de olho das tendências de sustentabilidade e apresentam aos consumidores locais o canudo feito à base de bambu.

A iniciativa ganhou força depois que algumas capitais brasileiras aprovaram a lei que proíbe o uso de canudos de plástico. Em São Luís, ainda não é aplicado o projeto de lei que proíbe o uso de canudos de plásticos, mas a conscientização dos ludovicense já começou a surgir.

A empresa Canureco se tornou a pioneira na produção de canudos ecológicos, após iniciar suas atividades em novembro de 2018 com o objetivo de impactar no âmbito socioambiental da cidade.

Como destaca o empresário e engenheiro de produção Levi Lobato, que observou o interesse pela utilização dos canudos ecológicos em São Luís, principalmente, pelo fator de a capital maranhense ser uma cidade litorânea. É de fundamental impotanccia o uso de produtos biodegradáveis e com matéria prima 100% natural.

O empresário afirma que a Canureco vem com o propósito de abraçar ainda mais ideia da sustentabilidade e torna-la cativa com esse pioneirismo empresarial na cidade.

O empresário explica que a matéria prima (bambu) para produção dos canudos é adquirida na capital maranhense, e desenvolvida pelas mãos de artesãos que concluem o processo de acabamento. Após isso, é feita a limpeza e higienização do canudo para ser comercializado.

Por ser um produto biodegradável, os canudos podem ser utilizados mais de uma vez pelo consumidor, sendo limpos com sabão neutro e água corrente, ou com o uso de uma escova de limpeza especifica, o importante é aderir à ideia!