Hubs de inovação constroem novo ambiente de negócios em São Luís

Black Swan atua na incubação e aceleração das empresas que fazem parte do seu casting de startups

NATÁLIA MADEIRA

Empresas de todos os portes entenderam a possibilidade de cortar custos, aumentar vendas, incrementar a produção e melhorar qualificação de seus profissionais por meio da tecnologia e da inovação.

A compreensão das novas possibilidades levam as companhias a ingressar no que pode ser interpretado como uma nova fase da revolução industrial. A busca pela reinvenção as incentiva a se adaptar e interagir com startups e seus processos de incubação e aceleração.

Seguindo a linha das grandes capitais brasileiras, São Luís já conta com hubs de inovação que atuam na incubação e aceleração das empresas que fazem parte do seu casting de startups.

Localizada na Avenida Daniel de La Touche , em São luís, a Black Swan, é um centro maranhense de inovação empresarial criado para transformar potenciais desconhecidos em potenciais conhecidos.

Além disso, a iniciativa busca gerar impacto na realidade, tanto para as empresas que precisam se reinventar para continuar sobrevivendo quanto para aquelas que precisam se reinventar para sustentar seu crescimento. A ideia também inclui as pessoas que precisam participar dessa reinvenção, fomentando o nascimento de novos negócios.

O empreendimento é gerido pela Creative Pack, hub de inovação aberta que trabalha dentro de um contexto de iniciativa privada e destaca-se como o maior da região Norte/Nordeste com foco em soluções de problemas reais direcionados para o cenário local.

João Silva, CEO da Creative Pack e Head de inovação da Black Swan, falou com a equipe do Portal São Luís do Futuro sobre a área de atuação da Black Swan e da Creative Pack, destacou algumas das startups acompanhadas pelo hub de inovação e explicou como, dentro do processo de aceleração, ´foi possível encontrar solução para problemas de empresas como a Vale e o Grupo Mateus, participantes do processo de mentoria.

Ex-presidente e fundador da Associação de Startups do Maranhão, Silva foi gestor de startups em São Luís do Inova Maranhão (programa de desenvolvimento e aceleração do Governo do Estado do Maranhão), consultor associado da Baita Nordeste (Franquia nordeste da Acelerado de Negócios inovadores Baita em Campinas – SP) em São Luís. O profissional atua também como mentor em Startup Weekend, Corridas de Startups e no BigHackton.

Clique abaixo para ver em vídeo a entrevista exclusiva concedida ao Portal São Luís do Futuro na qual analisou os desafios encontrados no Maranhão e explicou por que aposta no desenvolvimento tecnológico do estado.