Maranhão ganhará mais uma linha de transmissão

Os recursos serão providos por meio do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE)

De acordo com o comunicado divulgado pela EDP Energias do Brasil, o Maranhão vai receber a construção de uma linha de transmissão. A empresa do grupo português Energias de Portugal, que controla a EDP Transmissão MA II, informa que fechou um acordo com o Banco do Nordeste do Brasil por um empréstimo de R$ 124,5 milhões.
Os recursos, que serão providos por meio do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), correspondem a quase 70% do investimento (capex) total do empreendimento.

A EDP Transmissão MA II é responsável pelo desenvolvimento, construção e operação do lote 11 do leilão de transmissão número 05/2016, vencido pela EDP em abril de 2017, uma linha com 203 quilômetros de extensão localizada na região nordeste do Estado.

A companhia já possui licença ambiental prévia, emitida em 14 de dezembro de 2018, e aguarda a aprovação da licença de instalação para iniciar as obras.

O custo da emissão é de IPCA mais 2,57 por cento, ou IPCA mais 2,18 por cento, considerando um possível bônus de adimplência oferecido pelo BNB, condições que segundo a EDP trazem ganhos em termos de retorno e valor presente líquido em relação às premissas adotadas pela empresa na época da licitação.