Cemar vai receber investimento da Equatorial

Recursos foram aprovado pelo BNDES para que sejam empregados em tecnologia, contenção de perdas comerciais, melhorias no serviço prestado e outras áreas

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou o investimento de R$7,6 bi relativos a 10 operações de créditos destinados a distribuição de energia em nove estados brasileiros, entre eles o Maranhão.
O Grupo Equatorial Energia receberá o montante de R$2,56 bi referentes a dois financiamentos que devem ser feitos em Centrais elétricas do Pará S.A (Celpa) e Companhia Energética do Maranhão (Cemar) no triênio 2018-2020.
As áreas das empresas de distribuição de energia que devem receber esses investimento da Equatorial são: tecnologia, contenção de perdas comerciais, atendimentos ao crescimento da base de clientes, expansão do sistema e melhoria da operação e da qualidade do serviço prestado.
De acordo com o BNDES, tanto a Celpa, quanto a Cemar investirão na ampliação da rede de distribuição e na adequação de carga e tensão.