Louis Vuitton compra Copacabana Palace e demais hotéis da rede Belmond

Rede de hotéis foi comprada pela grife de luxo por 3,25 bilhões de dólares

A transação deve ser concluída no primeiro semestre de 2019, pois está sujeita à aprovação dos acionistas da Belmond (Foto: Reprodução)

O icônico Copacabana Palace, à beira da praia mais famosa do Brasil, terá novo dono a partir do ano que vem. A rede hoteleira Belmond, dona do Copacabana Palace e de mais 46 hóteis de luxo, restaurantes, trens e cruzeiros, foi vendida para o grupo francês Louis Vuitton em transação de US$ 3,2 bilhões, cerca de R$ 12 bilhões.

De acordo com o anúncio feito pela holding da Louis Vuitton, a transação deve ser concluída no primeiro semestre de 2019, pois está sujeita à aprovação dos acionistas da Belmond e à autorização pelas autoridades competentes em matéria de concorrência. “Através desta aquisição, a Louis Vuitton aumentará significativamente sua presença no luxuoso mundo do hotel”, destacou o grupo francês no comunicado.

A Louis Vuitton iniciou sua investida no ramo hoteleiro há alguns anos. Antes da aquisição da rede Belmond, a marca já estava por trás do hotel Cheval Blanc, em Courchevel, nos Alpes Franceses, e a rede da Bvlgari.

Copacabana Palace

Inaugurado em agosto de 1923, o Copacabana Palace foi construído pelo empresário Octávio Guinle e Francisco Castro Silva, atendendo a um pedido do então presidente Epitácio Pessoa (1919-1922), que queria um hotel luxuoso no Rio de Janeiro, então capital do país. Em 2009, o hotel foi eleito o melhor da América do Sul pela World Travel Award, um dos mais reconhecidos do mundo do turismo.


Anúncio: 407 anos São Luís