Reajuste de ICMS aumenta arrecadação no Maranhão em 2019

Estado estima arrecadar R$7,3 bilhões, um aumento de 8,7%

Previsão de inflação para este ano passou de 4,43% para 4,44% (Foto: Reprodução)

De acordo com informações, o Executivo deve preparar novo reajuste de tributos para garantir caixa e tentar recuperar a saúde do Tesouro Estadual.
Segundo dado da Secretaria da Fazenda (Sefaz), o orçamento aprovado em 2017 em execução em 2018, ao final deste ano a receita com a cobrança de ICMS deve ser de R$6,7 bilhões, embora até outubro a arrecadação tenha sido de apenas R$ 5 bilhões. Já para o ano de 2019 o Estado estima arrecadar R$ 7,3 bilhões, um aumento de 8,7%.

Reajuste no ICMS representa um aumento em produtos e serviços como energia elétrica, álcool e gasolina, cigarros, TV por assinatura, telefonia e internet em todo o Maranhão.
Justificando o aumento do Imposto, o governador do Maranhão, Flávio Dino, afirmou que “no que se refere à Lei do ICMS, que foi aprovado no ano passado, nós ainda temos uma das menores cargas tributárias do país. Foi um reajuste necessário, diante da crise fiscal em alguns poucos produtos, impacto mínimo e necessário para manter a economia do Maranhão funcionando”.

Esse é o terceiro aumento do ICMS. O primeiro foi em 2015 e o segundo em 2016-2017.