Sebrae e Fundação Palmares articulam empreendedorismo em quilombos

Ações de empreendedorismo em comunidades estimulam mobilidade social

Um termo de cooperação técnico entre o Sebrae-MA e a Fundação Cultural Palmares (FCP) deve fomentar ações de treinamento e empreendedorismo étnico em comunidades quilombolas maranhenses. O documento está sendo articulado pelo diretor superintendente do Sebrae, João Martins, e o presidente da FCP, Erivaldo Oliveira.
“Desde 2015 estamos fazendo esforços para fomentar o empreendedorismo étnico no Maranhão. Estamos discutindo apoio, em especial o empreendedorismo afro, e já temos algumas ações realizadas. Entre 2015 e 2016 trabalhamos em quilombos, tudo isso em parceria com prefeituras e instituições que representam essas comunidades.”
O superintendente do Sebrae falou ainda que a instituição realizou ainda outras atividades que envolveram representantes de quilombos. “Os projetos Líder Litoral Ocidental e Litoral Ocidental tiveram ações para as comunidades quilombolas da Baixada e do Litoral Ocidental. E estamos começando um projeto pioneiro de turismo para a região, com investimento inicial de R$ 300 mil para o mapeamento da região, e os quilombos são parte deste processo.
Para o presidente da Fundação Palmares, Erivaldo Oliveira, esta parceria com o Sebrae será muito importante. “Em todo o Brasil o Sebrae é parceiro em nossas ações. O empreendedorismo afro para as comunidades quilombolas faz a diferença para garantir a mobilidade social. A captação empreendedora para os que vivem em quilombos é algo que fazemos em parceria com o Sebrae.”, ressalta.


Anúncio: 407 anos São Luís