ANP vende quatro blocos de pré-sal por 7 bilhões

Na última semana aconteceu o último leilão de blocos de pré-sal da gestão do atual presidente.

Os blocos disponibilizados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) na última sexta-feira (28) para exploração de empresas no regime de partilha foram arrematados por R$ 6.820 bilhões. No regime citado, vence a proposta que oferecer a maior porcentagem de óleo excedente à União, acima do mínimo estabelecido pela ANP.
Dos blocos Dos quatro blocos, três estão localizados na Bacia de Santos A Petrobrás participará da exploração apenas do menor, Sudoeste de Tartaruga Verde, o menor deles, localizado na Bacia de Campos. O restante dos consórcios vendedores são compostos por empresas estrangeiras
O diretor geral da ANP, Décio Odone, destacou que esta foi a primeira rodada de leilão com mais de uma área ofertada, em que todas foram arrematadas. Ele descarta que as empresas tenham sido impulsionadas pelo momento político ou pelas altas no preço do barril.