A empresa de biotecnologia pública sul-coreana Macrogen, principal provedora de serviços de sequenciamento de genes do país, está desenvolvendo uma plataforma de big data genômico baseada em blockchain em conjunto com a empresa de tecnologia local Bigster, segundo um comunicado de imprensa de 6 de agosto.

A nova parceria alavancará a tecnologia blockchain para criar um big data de ecossistema médico que permita o armazenamento seguro e privado e a transferência de grandes quantidades de informações genômicas e pessoais confidenciais.

Como observa o press release, os avanços na genômica estão reformulando o panorama médico global, permitindo diagnósticos, tratamentos e prevenção personalizados individualmente. O big data médico, que integra informações genômicas, de saúde e estilo de vida dos indivíduos, é altamente sensível e tem valor excepcional para as indústrias farmacêutica e de saúde.


Anúncio: 407 anos São Luís